NOTÍCIAS

CUT inicia campanha pela anulação da Reforma Trabalhista nesta quinta (7)

Central irá colher assinaturas em todo o Brasil contra roubo dos direitos dos trabalhadores

No mesmo dia em que acontece o Grito dos Excluídos por todo o Brasil. A Central Única dos Trabalhadores (CUT) inicia o processo de coleta de assinaturas para o Projeto de Lei de Iniciativa Popular, que pede a revogação da nova legislação trabalhista, prevista para entrar em vigor no próximo dia 11 de novembro. 

O objetivo da CUT é que mais de 1,3 milhão de brasileiros assinem o documento que será entregue à Câmara dos Deputados. O passo seguinte é pressionar os deputados a votarem o texto que revoga a proposta do ilegítimo Michel Temer (PMDB) que acabou com diversos direitos trabalhistas (leia quadro abaixo). 

O objetivo do Projeto de Lei de Iniciativa Popular é fazer com que essa medida se some a outras 11 leis revogadas por meio desse instrumento. A Constituição Federal permite que a sociedade apresente uma proposta à Câmara dos Deputados, desde que seja assinada por um número mínimo de cidadãos distribuídos por pelo menos cinco Estados brasileiros.

A campanha pela anulação da reforma Trabalhista aprovada por as confederações, federações e sindicatos da CUT durante o recente Congresso Extraordinário, aponta também para a construção de comitês por essas organizações para coleta de assinatura. 

Fonte: Contraf-CUT/CUT

OUTRAS NOTÍCIAS